Retificação da RAIS: veja como fazer e como erros na declaração podem prejudicar o trabalhador

Nós já falamos aqui no blog sobre a RAIS, a Relação Anual de Informações Sociais. Ela é uma importante obrigação que deve ser enviada todos os anos ao Ministério do Trabalho com dados socioeconômicos sobre as empresas e seus colaboradores. Assim, essa obrigação é considerada uma das maiores fontes sobre empregos formais no Brasil.

Para saber mais sobre a RAIS é só clicar aqui e ler o artigo que preparamos pra você!

Hoje, vamos falar sobre a retificação da RAIS. Vamos te mostrar como os erros na declaração podem prejudicar os colaboradores do seu cliente e como fazer para retificar essa obrigação. Não perca tempo e continue a leitura do artigo!

Como e por que fazer a retificação da RAIS?

Como em qualquer outra declaração, erros podem acontecer na hora de preencher a RAIS! Você que é responsável por essa obrigação pode, por exemplo, informar algum dado de forma errada ou não registrar alguma informação.

Isso tudo, além do atraso ou não envio da RAIS, pode prejudicar os colaboradores da empresa do seu cliente. Veja só: se alguma informação de um trabalhador estiver errada ou se ele não for declarado na RAIS da organização em que está trabalhando, ele não vai conseguir sacar os seus benefícios, como o Programa de Integração Social (PIS) e o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP) – mais pra frente vamos falar melhor sobre esse assunto!

Além disso, o atraso, omissão de dados ou a declaração de informações erradas podem gerar multas para o seu cliente. Por isso que é importante fazer a retificação caso você perceba que ela precisa de alguma correção! Veja a seguir como fazer a retificação da RAIS em relação aos dados da empresa e do colaborador:

Retificação da empresa:

Se algum dado sobre a empresa do seu cliente – que não seja o campo Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ)/Cadastro Específico do INSS (CEI) ou CEI vinculado – foi declarado de forma errada na RAIS, você deve preencher um formulário com as informações corretas e enviar! Para acessar esse formulário basta clicar aqui.

Mas, se o seu cliente precisar retificar os campos CNPJ/CEI/CEI vinculado, você vai precisar gerar uma nova declaração da empresa.

Para gerar uma nova RAIS é necessário usar o Programa Gerador da RAIS (GDRAIS 2017), preencher todos os campos novamente e de forma correta, incluindo todos os colaboradores, e transmitir.

Depois disso você precisa excluir a declaração errada que tinha sido enviada antes. Para isso, você precisa preencher o formulário “Exclusão de Estabelecimento – Ano Base 2017” com todas as informações que são exigidas e enviar.

Retificação do colaborador:

Como você já viu, a retificação de informações dos colaboradores do seu cliente é muito importante para que eles não saiam prejudicados.

Para fazer isso, você precisa acessar o programa GDRAIS 2017 e selecionar a opção “Declaração Retificadora”. Nela você vai declarar apenas os colaboradores que foram preenchidos com algum dado errado, sem excluir os outros que já foram registrados antes.

Mas, se a retificação for de PIS/PASEP, data de admissão, data de desligamento e/ou Classificação Brasileira de Ocupações (CBO), você vai precisar gerar uma nova declaração no GDRAIS 2017, incluindo os colaboradores que precisam que seus dados sejam corrigidos – e transmitir.

Depois você precisa excluir a declaração antiga desses colaboradores que foram corrigidos. Isso através do formulário de Exclusão de Vínculo, assim vão ficar registradas só as informações corretas deles.

Colaboradores que foram declarados corretamente não devem estar nas retificações para evitar duplicação de dados.

Se você precisar incluir empresas ou colaboradores que foram omitidos, basta gerar uma nova declaração usando o programa GDRAIS 2017. Nela, você vai informar apenas os dados que não foram apresentados antes. Nesses dois últimos casos, a declaração deve ser feita como nova e não como retificadora.

Como os erros na RAIS prejudicam o trabalhador?

Quando a RAIS é declarada as empresas precisam informar dados sobre os seus colaboradores, como por exemplo: quem são eles, quanto ganham, qual é o tipo de vínculo com a organização entre outras coisas. Como já falamos anteriormente, o registro incorreto desses dados pode fazer com que o trabalhador não consiga sacar o PIS/PASEP e fique sem o seu benefício.

O que são o PIS e o PASEP?

Eles são dois programas criados pelo Governo Federal com o objetivo de fazer com que os trabalhadores consigam receber parte dos lucros das empresas. O PIS é para organizações privadas e o PASEP para as públicas.

Os programas funcionam como um abono salarial no valor de um salário mínimo e um dos requisitos para ter direito ao benefício (você pode ver os outros requisitos aqui) é estar com os dados declarados corretamente na RAIS da empresa em que trabalhou.

Os colaboradores podem entrar no site da RAIS e fazer a “Consulta Trabalhador”. Lá eles conseguem ver se existe alguma inconsistência nas informações declaradas e, se tiver, podem entrar em contato com a empresa para que ela faça a retificação. É de total responsabilidade do empregador entregar e, se preciso, retificar a RAIS!

Importância de fazer a retificação da RAIS

Bom, com tudo isso que mostramos, você pode ver que é muito importante retificar a RAIS. A declaração com erros, além de prejudicar os colaboradores do seu cliente, pode trazer danos para ele mesmo, trazendo má fama no mercado, multas e talvez até processos trabalhistas – e com isso o escritório em que você trabalha também sai prejudicado. Então, ajude o seu cliente a entregar a RAIS de forma correta!

Como um sistema de gestão contábil pode te ajudar?

Contar com a ajuda de um software de gestão contábil que atenda as suas necessidades é muito importante para você enviar a RAIS de forma mais rápida e eficiente.

Com um bom sistema, as informações para a RAIS são registradas quando ocorrem as movimentações na empresa. Assim, além de diminuir as chances de erros com os dados salvos ao longo do ano, você ainda tem acesso a cálculos automáticos e layout adaptado ao programa GDRAIS.

Isso tudo facilita o preenchimento da obrigação, evitando retrabalhos, minimizando erros e, consequentemente, diminuindo a necessidade de retificação da RAIS. Mas, se você precisar fazer essa tarefa, ela também fica muito mais fácil com o sistema!

Assim, você consegue otimizar o seu tempo de trabalho, ter mais produtividade, focar em outras atividades importantes e, consequentemente, agregar valor ao seu serviço!

Esperamos que você se sinta preparado para fazer a retificação da RAIS se for necessário! Quer saber como facilitar a entrega dessa obrigação? Não perca tempo, clique aqui e acesse o artigo que preparamos pra você!

Mastermaq

Com mais de 25 anos de experiência, a Mastermaq oferta produtos e serviços baseados em softwares para todo o território nacional. Contamos com uma rede especializada que atende em todas as regiões do país, envolvida no acompanhamento de milhares de contratos ativos.

LEIA TAMBÉM