QR CODE: o que é, para que serve, onde e como é utilizado

Entenda tudo sobre o funcionamento dessa ferramenta

10 de novembro de 2020

O QR Code foi criado no Japão, pela Denso-Wave (empresa do grupo Toyota) e, apesar de já existir desde 1994, essa tecnologia vem ganhando cada vez mais destaque nos últimos anos. 

Quer entender o que é, para que serve, onde e como é utilizado o QR Code? Continue a leitura!

O que é o QR Code

O QR Code (traduzido para o português, “Código de resposta rápida”)  é uma espécie de código de barras estilizado, que forma a figura de um quadrado e, quando é digitalizado, transmite grande variedade de informações.

Diferente do código de barras comum, que apresenta somente a direção horizontal e apenas uma forma de leitura, o QR Code é composto tanto pela dimensão horizontal quanto pela vertical (2D) e pode ser lido pela câmera de diversos aparelhos celulares ou por aplicativos baixados nos mesmos.

Por ser um código visual, ele pode ser lido de forma digital, estando em um dispositivo eletrônico por exemplo, ou física, quando impresso em algum lugar. Dessa forma, acaba sendo uma ferramenta acessível e de fácil uso. Ele pode estar presente em todos os tipos de indústria, como varejo, marketing e logística.

Para que serve?

O Quick Response Code tinha como objetivo no seu primeiro uso, facilitar a catalogar as peças usadas na fabricação de carros, e assim auxiliar na linha de produção. A partir disso, ficou claro que ele poderia apresentar outras funções e em outros segmentos do mercado.

A ferramenta então passou a ser utilizada em panfletos e revistas, onde os usuários eram direcionados para sites com mais informações a respeito do que era divulgado.

De forma geral, os QR Code’s são usados para fornecer mais informações e/ou conteúdo para aqueles que o utilizam. Ele permite o armazenamento de diversos tipos de dados, sendo letras do alfabeto, números, símbolos e até mesmo o alfabeto japonês. As empresas podem colocar links, vídeos, músicas, textos, gráficos, entre outros para que tenham acesso por meio da ferramenta.

Onde o QR Code é utilizado?

Atualmente existem diversas possibilidades para o uso do QR Code. O Whatsapp por exemplo, faz seu uso no Whatsapp Web. Para ter acesso à plataforma, o usuário deve validar seu uso através de um código disponibilizado na tela do computador.

Ingressos de diversos eventos também estão em formato de código. A partir do seu escaneamento é possível obter os dados de quem fez a compra e o bilhete é automaticamente validado.

Seu uso está se tornando comum em pontos turísticos de cidades ao redor do mundo. Ao apontar a câmera para o código, turistas conseguem acessar informações sobre aquele local ou monumento. 

A ferramenta pode ser uma alternativa prática e ágil para fazer uso no seu negócio. Artigos, podcasts, links, até mesmo o número do Whatsapp podem ser associados a um QR Code e divulgar materiais interessantes para seus clientes!

O uso do QR Code para realizar pagamentos e transferências bancária também está cada vez mais forte no Brasil. O Banco Inter por exemplo, apresenta sistema de transferência e bancária e pagamentos que podem ser realizados por esse sistema. Muitos negócios disponibilizam o código para seus clientes emitirem pagamentos ou receberem informação sobre a conta a ser depositado o valor pago. O Pix, que é o novo sistema de pagamento desenvolvido pelo Banco do Brasil, também tem o QR Code como base das operações.   

Além disso, o sistema está presente em documentos fiscais, como é o caso da NFC-e.

O QR Code e a NFC-e

O QR Code está presente no DANFE-NFC-e (representação simplificada da NFC-e) tem a função de facilitar a consulta dos dados do documento fiscal eletrônico pelos consumidores, mediante leitura com o uso de aplicativo leitor de QR-Code instalado em smartphones ou tablets. Além disso, também minimiza a possibilidade de evasão fiscal.

Mesmo que o QR Code apresente inteligência e ajude na diminuição da evasão fiscal, o consumidor que recebe a NFC-e é de fato quem consegue fiscalizar a real transmissão da nota à SEFAZ.

Cuidados com o QR Code

Hoje em dia, gerar um QR Code é simples e pode ser gerado por qualquer pessoa, Por isso é preciso estar atento. Seu risco não está presente no código em si, mas no link que ele direciona. Sendo assim, atente-se em quem é o emissor, evite fazer a leitura de códigos na rua e em lugares públicos sem saber de sua procedência.

Espero que tenha entendido como essa ferramenta funciona e como ela pode ser utilizada de diferentes formas! Continue seu estudo e entenda como a tecnologia pode ser uma forte aliada do seu negócio! Até a próxima.

 

Escrito por

Manuela Batitucci - Estagiária de Marketing

Manuela é estagiária de conteúdo da Mastermaq sob a supervisão de Júlia Martins, graduada em relações públicas e analista de mídias sociais.

Confira nossos outros posts