Saiba por que fazer o planejamento fiscal da sua empresa

Empresas de todos os portes sofrem com a alta carga tributária no nosso país: a maioria delas usa mais de 30% do valor de faturamento do empreendimento para pagar os seus impostos. Mas, nem tudo está perdido! Felizmente, o planejamento fiscal é uma ferramenta que pode ajudar os empresários a continuar firmes no mercado.

O planejamento fiscal — ou planejamento tributário — tem como principal objetivo diminuir os custos fiscais. Dessa forma, todos os procedimentos feitos para administrar a empresa deverão estar sempre de acordo com a lei. Além disso, os tributos podem ser menores dependendo do regime fiscal escolhido pelos empresários.

Quer entender como fazer um planejamento fiscal na sua empresa? Confira abaixo algumas informações importantes sobre o assunto:

Qual a importância de fazer um planejamento fiscal?

Com a carga tributária cada vez mais alta, a economia e a redução de custos tornaram-se mais importantes para as empresas. Assim, a administração correta dos benefícios tributários não é apenas uma questão ligada ao bom controle, mas também ao lucro e à sobrevivência das empresas.

Por causa disso, é fundamental que você tome a decisão certa referente ao próximo ano de trabalho. A seguir, vamos mostrar como escolher o regime tributário ideal para a sua empresa.

Em que regime tributário sua empresa se enquadra e qual é a melhor opção?

A escolha do regime tributário exige conhecimentos específicos nessa área, como quais são os critérios e as diversas variáveis para analisar, pois uma opção mal feita pode gerar diversos problemas com a Receita Federal. Da mesma maneira, o pagamento de impostos de forma mal planejada pode comprometer a saúde financeira da sua empresa.

No Brasil, existem três tipos de regimes tributários:

  • Simples Nacional;
  • Lucro Real;
  • Lucro Presumido.

Antes da escolha do regime ideal para a sua empresa, é importante que você avalie com atenção os gastos com colaboradores, a receita bruta, a margem de lucro, o segmento de atuação entre outros quesitos do seu negócio. Tenha também em mãos a estimativa de despesas operacionais da sua empresa.

Como fazer a previsão de despesas, lucro e faturamento?

Para fazer a previsão de despesas, você precisa saber quais são os produtos vendidos ou serviços oferecidos pela sua empresa e o que o seu negócio precisa para desenvolvê-los. Verifique quais são os gastos com energia, água e demais custos necessários para o bom andamento da sua empresa.

Depois disso, faça uma estimativa do faturamento, informando para onde e para quem você pretende faturar. Desse modo, você ficará ciente de quanto terá que desembolsar para o pagamento dos impostos.

Por fim, faça um cálculo da margem de lucro que você conseguirá com essa operação. Assim você poderá ter uma ideia de quais serão os gastos com a parte burocrática e fiscal do negócio.

Agora que você já sabe a importância do planejamento fiscal para o desenvolvimento de uma empresa, pode avaliar a possibilidade de aplicá-lo no seu negócio.

Caso você tenha alguma dúvida em relação ao assunto ou não tenha tempo para realizar essa tarefa sozinho, existem profissionais que oferecem consultoria tributária. Faça contato e encontre as melhores soluções contábeis para sua empresa!

Aproveite e saiba como alcançar ótimos resultados em seu negócio com o nosso ebook gratuito!

Mastermaq

Com mais de 25 anos de experiência, a Mastermaq oferta produtos e serviços baseados em softwares para todo o território nacional. Contamos com uma rede especializada que atende em todas as regiões do país, envolvida no acompanhamento de milhares de contratos ativos.

LEIA TAMBÉM