IRPF 2019: conheça as novas exigências da Receita e informe seu cliente!

O IRPF 2019 já está batendo a porta. Como acontece a cada novo ano, o Imposto de Renda de Pessoa Física deste ano vem recheado de mudanças. Para que você continue fazendo um bom trabalho com as declarações do seu cliente, é necessário ficar atento às novas exigências da Receita Federal.

As mudanças que acontecem na declaração são de grande importância para além de outros fatores você não deixar o seu cliente cair na malha fina. No último ano, as alterações vieram em fase de teste, sendo facultativas. Desta vez, as informações são obrigatórias!

É hora de entender as novidades do IRPF 2019 e preparar as documentações do seu cliente. É só seguir a leitura!

Quais as mudanças do IRPF 2019?

Dentre as várias exigências feitas no IRPF 2019, uma delas é referente ao CPF dos dependentes de seu cliente. No último ano, a informação era facultativa e obrigatória apenas para maiores de 12 anos. A partir de 2019, o informação é obrigatória, não importando a idade do dependente.

Você também deverá lembrar seu cliente da alíquota efetiva para o cálculo do imposto. Em 2019, esse dado deve constar ao lado dos valores de impostos a pagar ou restituição a receber. Por fim, quando falamos dos bens, o IRPF 2019 tem como obrigatoriedade a declaração das informações complementares.

Preencha o máximo de campos da declaração de seu cliente

Ninguém quer cair na malha fina, não é mesmo? Muito menos você, como contador, quer que isso acontece com o seu cliente a ponto de gerar um prejuízo para ele. Então, para que a chance seja a menor possível, preencha todos os campos no IRPF 2019.

Para te ajudar, vamos listar algumas informações que serão cobradas no Imposto de Renda de seus clientes.

  • para a declaração de imóveis, você precisa informar a data que seu cliente adquiriu, qual a área do imóvel, qual o registro de inscrição em órgão público e no cartório;
  • para a declaração de veículos, deve ser informado Registro Nacional de Veículo (Renavam);
  • no IRPF 2019, você precisa informar o CNPJ do banco ou instituição financeira onde o seu cliente tem conta-corrente ou aplicações, que pode ser inclusive uma conta poupança.

Lembre-se também de se planejar. A entrega do IRPF 2019 começa apenas no início de março e acaba no dia 30 de abril.

Já sabe as exigências da Receita e o que deve cobrar de seu cliente? Então se prepare para fazer uma boa declaração neste novo ano! Inclusive, que tal entender como a defasagem na declaração afeta o contribuinte? É só clicar aqui e ir para o artigo no blog!

Mastermaq

Com mais de 25 anos de experiência, a Mastermaq oferta produtos e serviços baseados em softwares para todo o território nacional. Contamos com uma rede especializada que atende em todas as regiões do país, envolvida no acompanhamento de milhares de contratos ativos.

LEIA TAMBÉM