Insumos agrícolas: desafios do trabalhador rural brasileiro

No dia do trabalhador rural, trouxemos as principais dificuldades deste profissional

12 de maio de 2020

O debate sobre o uso de insumos químicos x agricultura orgânica tem crescido no Brasil. Isso porque, o país é referência mundial no agronegócio, bem como na produção agropecuária orgânica. No entanto, um fato que é comum aos dois tipos de cultura são os insumos agrícolas. 

E este, claro, é o principal componente para o sucesso do negócio rural.

Nesse sentido, o artigo de hoje vai te mostrar os principais desafios do produtor rural e a importância do controle dos insumos, não só para o se cliente trabalhador agrícola, mas também o seu trabalho com a contabilidade rural. Vamos nessa?

O que são os insumos agrícolas?

Insumo é tudo aquilo que é usado na produção de algum produto. No caso dos produtores rurais, são os equipamentos e máquinas usados para o cultivo, os fertilizantes usados para nutrir o solo, os defensivos agrícolas que combatem as pragas e etc. 

Esses materiais são divididos em três categorias. São elas:

  • Mecânicos: Máquinas e equipamentos — Ferramentas, tratores, pulverizadores, irrigadores e etc;
  • Minerais: São aqueles compostos por materiais vindos do calcários ou de origem animal e que são produzidos em laboratório;
  • Biológicos: Materiais orgânicos de origem animal e vegetal — Plantas, adubos, estercos e etc.

Orgânico x Industrial

Os insumos agrícolas são, portanto, fundamentais para a existência da produção rural. Nesse sentido, esses materiais aliados à tecnologia permitem o maior controle da produção em alta escala, necessária para suprir o abastecimento interno, bem como a demanda por produtos de exportação. 

É nesta hora que o debate sobre agricultura orgânica e de grande escala entra em ação. Isso porque, podemos dividir a produção agrícola em duas partes:

Agricultura tradicional: Faz uso da tecnologia para produzir adubos químicos e mecânicos. Esse modelo funciona com objetivos a curto prazo, sendo assim, prioriza a máxima produtividade de animais e vegetais em um menor tempo possível.

Agricultura orgânica: Ao contrário da outra, foca em uma produção à longo prazo e usa insumos naturais na produção de seus produtos. Nessa técnica, busca-se a integração do meio rural com os princípios do manejo e otimização para alcançar uma maior qualidade

Os desafios do produtor rural

O principal desafio do produtor rural é fazer a migração ou, ao menos, o equilíbrio entre a agricultura tradicional e a orgânica, uma vez que está crescente a demanda dos países importadores por certificações de qualidade. Ou seja, é necessário cada vez mais buscar formas de substituir os sistemas de controle convencionais pelos biológicos.

No entanto, como fazer isso e garantir a abastecimento, sendo que o crescimento populacional exige cada vez mais do setor? A resposta pode estar sim na otimização da utilização dos insumos agrícolas. Vamos entender melhor?

A implantação de um sistema agroflorestal

Fazer o uso mais inteligente do solo é uma das respostas. Com a utilização desse sistema, além do melhor aproveitamento do espaço físico, é possível usar insumos fitossanitários destinados a agricultura orgânica. 

Esses são produtos de baixa toxidade e podem, além de serem comercializados em larga escala, contribuir com uma produção mais efetiva e com respaldo na lei.

Em resumo, o sistema agroflorestal faz com que os agricultores enfrentem menos problemas com pragas, geralmente encontrados em produções convencionais de monocultura. Além disso, quando existir esses problemas, é possível combater com os insumos agrícolas aprovados pelo decreto presidencial Nº  6913/2009.

Aumento da credibilidade

A substituição dos insumos químicos pelos orgânicos é visto com uma tendência para aumentar a competitividade e a credibilidade da agricultura brasileira no mercado. 

Isso porque, é crescente por parte da sociedade a preocupação com os problemas de saúde causados pelos defensivos agrícolas. Nesse sentido, o uso do controle biológico é uma boa resposta para garantir a qualidade dos produtos e ainda aumentar a participação dos orgânicos no mercado. 

Insumos agrícolas no fortalecimento do solo

O Solo brasileiro não é rico em nutrientes. Portanto, o uso de insumos que melhorem este cenário pode ser uma boa saída para a agricultura brasileira. O sistemas de compostagem, por exemplo, já é bastante utilizado por produtores orgânicos em todo o país. 

Nesse sentido, será natural a entrada de fertilizantes orgânicos no mercado para o fortalecimento do solo. Do mesmo modo a adubação orgânica e biológica também tem ganhado espaço no combate às pragas sem agressão ao meio ambiente.

A contabilidade rural e os insumos agrícolas

Todo este cenário impacta diretamente na contabilidade rural. Sendo o seu cliente produtor da agricultura convencional ou orgânica, ele dependerá da compra, muitas vezes da importação, dos insumos agrícolas e depois, da comercialização dos produtos.

Isso claro, envolve o pagamento de tributos e todo o processo de gestão tributária e financeira que você, contador, pode atuar e auxiliar.

Ou seja, você que tem um cliente produtor rural precisa atuar para ter informações técnicas, econômicas e administrativas para garantir o controle das várias operações do seu cliente. 

Do outro modo, é interessante que você converse com o seu cliente para que ele comece a pensar, se ele já não faz, a equilibrar e, talvez, migrar totalmente para a produção orgânica e sustentável. 

Como vimos neste artigo, os insumos agrícolas são importante e podem impactar diretamente na contabilidade rural. Se quiser ficar melhor informado sobre este tema e descobrir uma solução para te ajudar nessa empreitada, leio nosso artigo sobre a contabilidade rural. Lá você vai entender tudo sobre como ajudar o seu cliente produtor rural.

Escrito por

João Vitor Fernandes - Analista de Conteúdo

João Vitor é jornalista, pós-graduado em Marketing para Mídias Sociais e Especialista em Produção de Conteúdo com certificações em Inbound Marketing e Blogues Corporativos. Atua como Analista de Conteúdo na Mastermaq.

Confira nossos outros posts