Entrega Reinf: saiba como transmitir os eventos e fazer retificações nessa nova obrigação!

A implantação da Escrituração Fiscal Digital de Retenções e Outras Informações Fiscais (EFD-Reinf) começa em maio de 2018. Mas quando se trata do assunto entrega Reinf, muitos profissionais de contabilidade ainda têm dúvidas!

Aqui no blog, nós já falamos sobre quais são as informações que você deve reunir para preencher essa nova obrigação, você já viu? Também apresentamos o cronograma de implantação, assim você se prepara com antecedência para a chegada da Reinf!

Agora falta saber como transmitir as informações! Quer entender como enviar os dados da Reinf e ainda fazer retificações caso seja necessário? Continue a leitura do artigo que preparamos para você hoje!

Entrega Reinf: transmitindo as informações

Antes de tudo, você precisa saber que não existe um PVA preparado pelo governo para a entrega da Reinf. E como se trata de uma obrigação que deve ser enviada de forma totalmente online, o escritório em que você trabalha precisa encontrar uma solução adequada para fazer a transmissão!

Por isso, o primeiro passo para se preparar para a entrega da Reinf é conversar com seus gestores e procurar o sistema ideal para o escritório em que você trabalha. Não se esqueça: você só vai conseguir entregar essa nova obrigação se contar com uma solução desenvolvida para isso.

Aqui, a dica principal é ajudar os seus gestores procurando um sistema que vá otimizar o seu trabalho e te ajudar da melhor forma na entrega da Reinf. Assim, você evita as chances de erros, aumenta sua produtividade e garante resultados cada vez melhores em seu trabalho!

Agora é hora de saber como transmitir os eventos. Vamos lá?

Enviando os eventos

Um evento, que é a forma como as informações são preenchidas na Reinf, pode ser composto por vários movimentos. Existem os eventos para você inserir os dados do contribuinte, as retenções na fonte e as contribuições previdenciárias, por exemplo, além de vários outros.

Mas você deve ficar atento a um ponto: a transmissão dos eventos deve seguir uma sequência lógica definida no Manual de Orientação da Reinf. Confira qual é o passo a passo:

  1. primeiro, você deve enviar o evento R-1000, onde vai registrar as informações do contribuinte;
  2. se for o caso do seu cliente, você deve enviar os dados de processos administrativos ou judiciais (evento R-1070) em seguida;
  3. só então você vai transmitir os eventos periódicos (de R-2010 a R-2070) e as informações de evento não-periódico (R-3010);
  4. depois de transmitir as informações, é hora de transmitir o fechamento dos eventos periódicos (R-2099). A aceitação desse fechamento indica que a totalização das bases de cálculo envolvidas no movimento registrado foi concluída, permite a constituição do crédito tributário para o seu cliente e possibilita que você gere o Documento de Arrecadação de Receitas Federais (DARF);
  5. se você já enviou o evento R-2099  mas precisa fazer alguma retificação ou novos registros sobre um movimento que já foi fechado, é só fazer a Reabertura dos Eventos Periódicos (R-2098). Depois de fazer as alterações necessárias, você deve enviar o fechamento novamente;
  6. o último evento a ser enviado é o R-5001, onde você vai registrar as informações das bases e dos tributos consolidados pelo seu cliente.

A exclusão de eventos (R-9000) pode ser feita a qualquer momento. Mas, se você for excluir algum evento periódico que já foi encerrado, precisa antes fazer a reabertura para o período de apuração através do evento R-2098.

Correções da Reinf: alterando, retificando e excluindo informações

Se você precisar fazer alguma mudança nas informações do contribuinte ou de processos administrativos/judiciais (eventos R-1000 e R-1070), é só preencher o grupo destinado especificamente para alterações nesses eventos. Se as mudanças que você fizer forem referentes a um período de vigência, você deve informar as datas de início e fim da validade apenas no grupo de campos de “Nova Validade”.

No caso dos eventos periódicos, se você ainda não fez o fechamento e precisa fazer alguma alteração, é só transmitir um novo evento indicando a retificação. Se você já fez o fechamento, é necessário enviar o evento de reabertura dos eventos periódicos para fazer as alterações.

No caso do evento não periódico, que é o registro da receita de espetáculo desportivo na entrega da Reinf, você não precisa enviar o fechamento. Por isso, você pode fazer retificações na hora em que precisar!

Você também pode fazer a exclusão de eventos como explicamos anteriormente. Para isso, vai precisar preencher o “tipo de evento” e o “número do recibo do evento”, levando em consideração o arquivo que você enviou com o evento que precisa ser excluído.

E agora, já está mais tranquilo com a entrega da Reinf? Esperamos que sim! Também preparamos um artigo com 5 dicas importantes para você enviar essa nova obrigação. Quer conferir? É só clicar aqui!

Mastermaq

Com mais de 25 anos de experiência, a Mastermaq oferta produtos e serviços baseados em softwares para todo o território nacional. Contamos com uma rede especializada que atende em todas as regiões do país, envolvida no acompanhamento de milhares de contratos ativos.

LEIA TAMBÉM