Cultura organizacional: O que é, qual a importância e como implantar no seu negócio?

Você entende como funciona a cultura organizacional?

26 de junho de 2020

Você entende como funciona a cultura organizacional? Este termo, embora tenha se popularizado entre as empresas, ainda deixa dúvidas para quem lidera desde micro e pequenas empresas à grandes corporações.

A cultura organizacional de um empresa impacta diretamente o seu público interno, que espera ter um ambiente de trabalho prazeroso e coerente com seus valores. Não basta tentar estimular seus funcionários visando apenas o lucro; é preciso fazer com que eles se sintam parte de algo maior, que desperte neles o sentimento de pertencimento.

Tudo isso reflete diretamente na percepção que os seus clientes terão do seu negócio e se a sua empresa atua de forma compatível com os valores e percepções que eles acreditam.

No artigo de hoje, vamos explicar o que é a cultura organizacional, como implantar e qual a importância dela para o seu negócio. Vamos lá? 

O que é a cultura organizacional?

É preciso entender bem o conceito antes de afirmar que sua empresa possui uma cultura organizacional forte, como a de gigantes da tecnologia, como Apple, Google e outras que temos no mercado. Portanto, cultura organizacional é todo o conjunto de crenças, valores e hábitos que sua empresa possui, firmados através de valores, normas e atitudes que são compartilhadas por todos os funcionários.

É importante destacar que as lideranças da sua empresa têm papel fundamental neste conceito. As ações de líderes, diretores e CEO’s impactam diretamente na forma que os funcionários percebem a organização.

Portanto, todos os direcionamentos tomados pela empresa devem ser baseados em sua cultura organizacional.

Tipos de cultura organizacional

Existem ainda, segundo o filósofo irlandês e uma das grandes referências no assunto, Charles Handy, quatro tipos de cultura organizacional. Você sabe qual melhor se adaptaria para sua empresa? Veja quais são:

Cultura do Poder

É aquela onde predomina a cultura do que tem mais poder, como um único dono ou presidente, por exemplo. É mais propenso a estar enraizada em empresas pequenas. Suas marcas principais são: o foco em resultados, ambientes altamente competitivos e pouca inovação.

Cultura dos Papéis

Sabe aquelas empresas que possuem hierarquias bem definidas? Estão inseridas na cultura dos papéis. Neste tipo de cultura também sobra pouco espaço para inovação.

Cultura das Tarefas

Aqui estão inseridas as empresas que proporcionam um ambiente de criatividade e liberdade para seus funcionários. Em geral, são flexíveis, dispostas a correrem riscos, a mudar e, principalmente, inovar.

Cultura de Pessoas

Essa cultura é mais propensa à aderir novas ideias com mais facilidade. Além disso, empresas que se inserem nessa cultura se preocupam com a satisfação dos seus colaboradores, valorizam seus talentos e buscam a humanização dos seus processos. 

Agora que você sabe quais são os tipos de cultura organizacional, é necessário entender a importância dela para o seu negócio. Continue a leitura que vou te contar mais sobre isso!

Qual a importância da cultura organizacional para o seu negócio?

Algumas empresas são famosas por sua cultura organizacional, como as gigantes que citei logo no início deste artigo. Essas empresas entendem a nova necessidade das pessoas, tanto para consumo quanto para trabalho: valores e práticas que convergem com aquilo que eles acreditam.

Além deste posicionamento, é a cultura organizacional que fortalece sua empresa enquanto marca empregadora, tornando o ambiente de trabalho mais prazeroso, o que contribui para a retenção de funcionários, a contratação dos melhores profissionais do mercado e nos índices de produtividade. Afinal, funcionários felizes e satisfeitos rendem muito mais no trabalho, certo?

Para além disso, quanto mais forte for a cultura organizacional da sua empresa, mais os seus funcionários irão se engajar com ela. Lembra que falamos sobre a nova necessidade das pessoas? Estudos comprovam que a nova geração do mercado de trabalho, os chamados millenials, consideram mais importante trabalhar em um lugar onde se identifiquem com seus valores e cultura do que ter um emprego estável em outro lugar. Ou seja, colaboradores que se identificam com os valores do seu negócio tendem a serem mais participativos e motivados a fazer o melhor pela sua empresa.

E como construir uma cultura organizacional forte?

É hora de reorganizar o seu conjunto de missão, visão e valores. Tenha em mente que, assim como toda construção, você precisa de alguns pilares que são, exatamente, as características que você acredita ter em sua empresa.

Pense em como sua empresa é vista hoje pelos seus funcionários e clientes  e qual é realmente a visão que você quer que as pessoas tenham dela. Quais são as palavras que você quer que as pessoas usem ao descrever o seu negócio? Mas, preste bastante atenção nesse processo! Tudo isso precisa estar bem estruturado e alinhado com os rumos que sua empresa tomará dali pra frente. 

Ou seja, nada de querer um ambiente de trabalho colaborativo, onde todos se sintam parte dele se seus líderes são agressivos e anti democráticos, por exemplo. Os líderes e CEO’s influenciam diretamente na imagem da sua cultura organizacional com o seu público interno.

Uma dica importante para a construção da cultura no seu negócio é a criação de rituais. Pense em eventos, happy hour ou celebrações por metas, por exemplo. O importante é que seja um ritual que consiga estar dentro da rotina da empresa, como algo diferenciado para metas batidas, aniversários ou datas comemorativas que se encaixem no seu negócio.

É importante, também, estar atento na hora da contratação. Isso porque, Aquele candidato se identifica com os valores da sua empresa? Lembre-se que avaliar somente o currículo pode contribuir para a alta rotatividade da organização, caso aquele profissional não se encaixe na sua cultura organizacional; Lembre-se: sua empresa é feita de pessoas.

Focando nas pessoas

E por falar em pessoas: ouça os seus colaboradores. Promova pesquisas de clima organizacional para entender como está a percepção dos funcionários e a satisfação deles. Isso demonstra como a organização se importa não somente com seus resultados, mas também com o engajamento e a motivação da equipe.

Se você escolhe uma cultura organizacional baseada em pessoas, faça pesquisa também com seus clientes. Busque entender os erros apontados e como podem melhorar, buscando oferecer a melhor experiência para eles.

Tente entender as percepções deles desde a contratação de um serviço, passando pela compra de um produto até o pós-venda e como sua empresa promove a manutenção deste relacionamento com seus clientes.

A cultura organizacional é um dos pilares para a boa gestão da sua empresa. Quer mais dicas sobre como gerir o seu negócio? Conheça nosso Manual de PME’s. Esse material irá ajudar a otimizar os resultados da sua empresa.

Siga a Mastermaq também nas redes sociais! Estamos no Facebook, Linkedin e Instagram. Te vejo lá!

Escrito por

Julia Martins - Analista de Mídias Sociais

Júlia é graduada em Relações Públicas, pós-graduanda em Comunicação Digital e Mídias Sociais e possui certificações em Marketing de Conteúdo e Inbound Marketing. Atua como Analista de Mídias Sociais na Mastermaq.

Confira nossos outros posts