04 dicas para fazer a contabilidade rural do seu cliente

A contabilidade rural tem algumas particularidades que exigem cautela

7 de fevereiro de 2020

Antecipar as informações de entrega de obrigações deveria ser um mantra para os contadores, não é mesmo? Quando falamos de contabilidade rural, essa medida é ainda mais importante.

É bastante comum em empreendimentos rurais, a organização dos dados contábeis e fiscais serem feitos após a safra. Porém, essa prática pode ser arriscada tendo em vista a quantidade de dados e informações que precisam ser apuradas. Outro fator importante para este cuidado é a entrada em vigor, em 2019, do Livro Caixa do Produtor Rural

Portanto, como são informações importantes para a empresa do seu cliente, continue a leitura e entenda tudo sobre esta obrigação acessória e ainda aprenda dicas para fazer a contabilidade rural de forma simples e rápida. Vamos nessa?

O que é a contabilidade rural

Como o próprio nome sugere, ela é a contabilidade que cuida das questões fiscais e tributárias da propriedade rural. Ou seja, você vai cuidar para que o negócio do seu cliente se mantenha dentro da legalidade. 

A principal vantagem dela é entender o ponto de equilíbrio da empresa e com isso saber o quanto seu cliente precisará gerar de receita para cobrir as despesas e gerar lucros. 

Com essas medidas simples você consegue ter um controle gerencial da empresa rural do seu cliente e agregar valor ao serviço entregue pelo seu escritório.

Veja abaixo mais algumas vantagens:

contabilidade rural

Livro Caixa do Produtor Rural

O Livro Caixa do Produtor Rural (LCDPR) entregou em vigor em 2019 e obriga o envio das informações para os produtores que exploram a atividade nas condições previstas na Lei 8.023/90 e as alterações, regulamentadas pela IN SRF 83/2001.

O Livro caixa está integralmente ligado ao sistema público de escrituração digital (SPED). Portanto, ele também precisa ter assinatura via certificado digital válido. O período de entrega da obrigação é entre 1º de janeiro de 2020 e 30 de abril de 2020, junto com a entrega do IRPF.

É preciso ficar atento ao preenchimento do Livro Caixa pois, elas precisam obedecer rigorosamente ao seu objetivo que é o de apurar e recolher o Imposto de Renda da Pessoa Física que é produtor rural. 

Nesse sentido, é importante que o seu cliente fique atento a alguns fatores. O primeiro deles é relativa à receita bruta, que advém da:

  • venda dos produtos agropecuários, acrescidos de valores referentes à venda de bens e benfeitorias, utilizados na exploração da atividade rural;
  • valores referentes à entrega de produtos agropecuários por permuta ou dação de pagamento; 
  • e valor pelo qual o subscritor transfere os bens e direitos utilizados na exploração da atividade rural e os produtos e os animais dela decorrentes, a título de integralização de capital. 

Os valores referente a venda de terra nua não devem ser incluídos no cálculo da receita bruta.

Outro importante ponto de atenção são os investimentos e as despesas que podem ser que dedutíveis do resultado da apuração. Ou seja, as despesas devem ser necessárias à manutenção da fonte pagadora e a percepção de rendimentos da atividade rural. 

Já os investimentos são considerados aqueles que visam a melhoria da produtividade, a expansão da produção e o desenvolvimento da atividade rural. 

O que precisa ser informado?

O preenchimento da obrigatoriedade do Livro Caixa na contabilidade rural deve seguir a seguinte ordem:

  • data do registro;
  • a identificação do imóvel rural, 
  • o número da conta bancária utilizada no lançamento (se o movimento for em espécie (moeda), deve ser utilizado o código “000”);
  • o número do documento e tipo de documento (nota fiscal, fatura, recibo, contrato, folha de pagamento, outros);
  • a identificação do CPF do participante da relação contratual;
  • o tipo de lançamento: receita, despesas e/ou investimentos, despesas não dedutíveis, se for o caso.

Caso o seu cliente exerça a produção rural fora do Brasil, será necessário fazer o envio de duas LCDPR. Uma para a atividade realizada por aqui e outra para as atividades do exterior. 

A tributação é feita sobre a soma dos resultados positivos das duas atividades e fica vedada a compensação de prejuízos apurados em uma com os lucros apurados da outra. 

Agora, vamos às 05 dicas para você facilitar a contabilidade rural do seu cliente? É só seguir a leitura.

Elabore um fluxo de caixa para o seu cliente

O Fluxo de Caixa é essencial para o sucesso de qualquer empreendimento e com a contabilidade rural não seria diferente. Isso porque, com ele você consegue controlar as entradas e saídas de recursos e saber qual o capital de giro do seu cliente. 

Com essas informações bem organizadas o seu cliente conseguirá planejar os gastos e ficar melhor preparado para eventuais despesas não planejadas.

Faça um levantamento patrimonial

Esse é outro ponto importante para a gestão do negócio do seu cliente. Para organizar o fluxo de caixa e otimizar a contabilidade rural é importante ter registrado todos os ativos e passivos referentes à atividade.

veja alguns exemplos:

  • Capital em conta;
  • Máquinas e implementos agrícolas;
  • Silos, galpões e outras construções;
  • Todas as contas a pagar e a receber;
  • Valor da sua terra (considerando capacidade produtiva do solo e outros);
  • Tudo o que há no estoque e etc.

Responsabilidades do contador e do cliente

As responsabilidades do seu cliente são comuns a todos os empreendedores. Manter o controle das atividades da propriedade rural e pensar nas estratégias para aumentar a produtividade e manter o que está funcionando bem.

Já para o profissional de contabilidade fica por conta de calcular os encargos, aplicações financeiras, cuidar das questões trabalhistas e demonstrações para o governo. Sendo assim, é necessário juntar todas as informações possíveis, como extrato bancário de conta corrente e aplicações; identificação das notas fiscais emitidas; descontos ou juros cobrados e etc.

É importante ficar atento às especificidades do negócio do seu cliente para saber as possíveis particularidades que contabilidade rural exige.

Software para a contabilidade rural

Usar papéis e planilhas não é nada efetivo, certo? Os avanços tecnológicos nos possibilitam ferramentas para facilitar o nosso dia a dia. Você mesmo já deve usar softwares de contabilidade em seu escritório. Portanto, é interessante pensar em uma solução para a contabilidade rural.

Para além da facilidade diária, a segurança de dados e a garantia do envio correto das informações são outros benefícios de utilizar um software de gestão.

Facilite a entrega do Livro Caixa do Produtor Rural do seu cliente, a Mastermaq conta com a solução NGProdutor Rural, entre em contato com a gente e saiba mais sobre a nossa solução.

Escrito por

João Vitor Fernandes - Analista de Conteúdo

João Vitor é jornalista, pós-graduado em Marketing para Mídias Sociais e Especialista em Produção de Conteúdo com certificações em Inbound Marketing e Blogues Corporativos. Atualmente atua como Analista de Conteúdo na Mastermaq.

Confira nossos outros posts