Compliance e Blockchain: porque você precisa conhecer esses conceitos?

Aliar esses dois conceitos pode ser uma forma de agregar novos serviços para o seu escritório de contabilidade

1 de outubro de 2019

Você já ouviu falar da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD)? Ela regulamenta o tratamento de dados em todo o território nacional. Mas você deve estar se perguntando, o que isso tem a ver com Compliance e Blockchain?

Eles podem parecer termos distantes, no entanto, devem estar interligados. A tecnologia do Blockchain, por exemplo, ajudará na segurança de dados, enquanto o Compliance garantirá que o seu escritório está de acordo com o que determina a lei.

Nós já falamos aqui no blog sobre a LGPD e como ela impacta os escritórios de contabilidade. Hoje, vamos te apresentar dois conceitos que podem ajudar na adequação a essa determinação legal.

O que é a tecnologia do Blockchain?

Em termos gerais, a Blockchain é conhecido como protocolo de confiança. Ela registra de forma descentralizada os dados distribuídos e compartilhados em uma determinada operação. 

Ele funciona como um livro-razão, porém, de forma pública, compartilhada e universal. Trazendo para o mundo contábil, essa tecnologia pode trabalhar para manter informações financeiras seguras, na garantia da propriedade e histórico dos ativos, além de reduzir custos de manutenção de livros contábeis.

Agora, se você conseguir aliar o uso do Blockchain com o conceito de Compliance, a segurança de dados do seu escritório estará garantida. Entenda o porquê!

Compliance nos escritórios de contabilidade, o que esperar?

A palavra compliance é derivada do verbo inglês to comply, que significa estar de acordo. Dentro do contexto empresarial esse conceito atua no sentido de que a organização estará sempre dentro das normas dos órgãos fiscalizadores.

O mercado contábil já é estruturado por leis, regras e regulamentações. Ou seja, Compliance em contabilidade é o esforço criado para evitar a corrupção nas empresas. Neste sentido, a LGPD também passou a fazer parte dos termos de conformidade contábil.

Mas afinal, como aliar Compliance e Blockchain dentro de um escritório contábil?

Agora que chegamos a parte boa da história. Quer saber como aliar tudo isso dentro do seu escritório de contabilidade? É só seguir a leitura. 

Agilidade e segurança

As informações registradas em uma cadeia de blockchain não podem ser mudadas ou excluídas. Sendo assim, ele pode ser usado como prova de transferência de qualquer ativo digital.  

Outra possibilidade, devido à imutabilidade dos dados, é o fato de que os órgãos reguladores não precisam fazer todo o trâmite de coleta, armazenamento e reconciliação por conta própria. Ou seja, nesse formato as transações ficam documentadas no livro-razão e assim, podem ser usadas para auditorias seguras e permanentes.

Essa é apenas uma das várias possibilidades de usar o blockchain para se adequar ao compliance contábil. A contabilidade do futuro exige que o contador entregue novos serviços para o seu cliente.

Sendo assim, o Blockchain aliado ao conceito de compliance é fundamental para que o seu escritório consiga agregar valor ao seu cliente. Essa é também uma oportunidade de faturar mais! Porque não, implantar essa tecnologia no negócio do seu cliente?

Espero que o nosso conteúdo tenha te ajudado. Ficou interessado em ler mais dos nossos conteúdos? Visite nossas páginas no Facebook e Linkedin e participe das nossas discussões.

Escrito por

João Vitor Fernandes - Analista de Conteúdo

João Vitor é jornalista, pós-graduado em Marketing para Mídias Sociais e Especialista em Produção de Conteúdo com certificações em Inbound Marketing e Blogues Corporativos. Atualmente atua como Analista de Conteúdo na Mastermaq.

Confira nossos outros posts