Você sabe como preencher a RAIS 2017? Entenda como entregar essa importante declaração!

O ano começa e junto com ele vem as várias obrigações do Governo Federal, a Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) é uma delas. Com essa declaração a Receita Federal consegue coletar dados socioeconômicos sobre os trabalhadores e empresas brasileiras – ela é uma fonte completa sobre o mercado de trabalho do Brasil!

É obrigação dos empregadores entregar a RAIS. Mas você, como contabilista, é quem preenche e ajuda o seu cliente com essa obrigação. Por isso, no artigo de hoje vamos te mostrar como preencher a RAIS, quem deve estar relacionado e como excluir a declaração em duplicidade. Não perca tempo e continue a leitura!

Como preencher a RAIS?

A RAIS coleta informações tanto sobre as empresas como sobre seus colaboradores. Então, na hora de preencher essa informação você vai registrar diversos dados sobre a organização e sobre a equipe do seu cliente. Confira quais são elas:

Algumas das informações sobre as empresas são:

  • Cadastro Nacional Pessoa Jurídica (CNPJ);
  • cidade em que a empresa está localizada;
  • ramo de atividade que exerce;
  • quantidade de colaboradores;

Sobre os colaboradores, alguns dos dados coletados são:

  • Cadastro de Pessoa Física (CPF);
  • cargo que ocupa;
  • salário;
  • tipo de ligação com a empresa.

O preenchimento envolve um número grande de informações, essas são só algumas. Você pode ver todas acessando o manual da RAIS 2017.

Para enviar a RAIS você precisa baixar e usar o Programa Gerador da RAIS (GDRAIS). Mas, para preencher as informações, você pode contar com a ajuda de um sistema de gestão contábil.

Com ele, você pode inserir os dados necessários para a declaração ao longo do ano, quando são feitas as movimentações na empresa. Depois é só importar o arquivo para o programa da Receita Federal e transmitir a obrigação. Isso facilita o seu trabalho e diminui as chances de erros na hora e preencher a RAIS!

Esse processo é feito pelas empresas que tiveram colaboradores no ano-base da declaração. As que não tiveram nenhum vínculo empregatício devem declarar a RAIS Negativa.

Como comprovar o envio da RAIS?

Logo que você transmite a RAIS, o GDRAIS gera um protocolo de entrega que pode ser impresso através do próprio programa. Cinco dias úteis depois da entrega da declaração, um recibo vai estar disponível para impressão. Para isso, basta clicar aqui, preencher o formulário corretamente!

Quem deve ser relacionado na RAIS?

Muitas vezes você e o seu cliente podem ter dúvidas de quais colaboradores devem estar declarados na obrigação. Por isso, vamos te mostrar quem deve ser relacionado na RAIS:

  • colaboradores contratados pelo regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT);
  • servidores de administração pública ou indireta, federal, estadual ou municipal;
  • trabalhadores avulsos (aqueles que prestam serviços sem vínculo empregatício);
  • colaboradores de cartórios extrajudiciais;
  • trabalhadores temporários;
  • colaboradores com Contrato de Trabalho por Prazo Determinado;
  • diretores sem vínculo empregatício, em que as empresas tenham optado pelo recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS);
  • servidores público não-efetivos;
  • trabalhadores que se enquadram no Estatuto do Trabalhador Rural;
  • aprendiz (maior de 14 anos e menor de 24);
  • colaboradores com Contrato de Trabalho por Tempo Determinado;
  • colaboradores com Contrato de Trabalho por Prazo Determinado, regido por lei estadual;
  • colaboradores com Contrato de Trabalho por Prazo Determinado, regido por lei municipal;
  • servidores e trabalhadores licenciados;
  • servidores públicos cedidos e requisitados;
  • dirigentes sindicais.

Quem não deve ser relacionado?

  • diretores sem vínculo empregatício em que as empresas não recolhem FGTS;
  • autônomos;
  • colaboradores eventuais;
  • ocupantes de cargos eletivos (governadores, deputados, prefeitos, vereadores, etc);
  • estagiários regidos pela Portaria Ministério do Trabalho e Previdência Social (MTPS) nº 1.002;
  • trabalhadores domésticos regidos pela Lei nº 11.324/2006;
  • cooperados ou cooperativados.

Caso você tenha alguma dúvida sobre os colaboradores do seu cliente que devem estar na RAIS, você pode acessar o manual da obrigação, é só clicar aqui. Nele, você encontra várias informações sobre a declaração.

Como excluir RAIS duplicada?

Na hora de preencher a obrigação, pode ser que você cometa algum erro e a declaração seja enviada com informações duplicadas. Mas a Receita Federal permite que você exclua o dado que foi duplicado.

Para isso, você precisa acessar o site da RAIS e acessar os formulários de exclusão. Se a informação duplicada for sobre a empresa, você precisa ir na ficha “Exclusão de Estabelecimento”, preencher corretamente as informações que são pedidas e enviar. Para acessar basta clicar aqui.

Agora, se o caso de duplicação foi com a informação de algum colaborador, você vai no formulário de “Exclusão de Vínculo” (clique aqui para acessar). Preencha todas as informações e envie.

As informações duplicadas que você indicar vão ser apagadas nos dois casos!

Conte com ajuda para preencher a RAIS

Como já falamos antes, contar com a ajuda de um sistema de gestão contábil pode facilitar, e muito, o seu trabalho! Com ele, as informações necessárias para a obrigação vão sendo inseridas no programa ao longo do ano conforme as movimentações que vão acontecendo na empresa.

Os cálculos são feitos de forma automáticas o que além de simplificar o preenchimento diminui as chances de erro e retrabalho. Um bom sistema tem o layout adaptado ao do GDRAIS, isso é bom pois você já fica familiarizado com o programa da Receita Federal na hora de fazer a importação da RAIS do seu cliente.

Esperamos que você tenha entendido como preencher a RAIS! Mas e se algum erro acontecer, você sabe retificar a declaração? Clique aqui e acesse o artigo que preparamos para te ajudar com a retificação da RAIS!

Mastermaq

Com mais de 25 anos de experiência, a Mastermaq oferta produtos e serviços baseados em softwares para todo o território nacional. Contamos com uma rede especializada que atende em todas as regiões do país, envolvida no acompanhamento de milhares de contratos ativos.

LEIA TAMBÉM