Banco de horas: O que mudou e quais os benefícios para a sua empresa

21 de dezembro de 2018

Desde a reforma trabalhista implementada em novembro de 2017, diversos fatores de interesse empresarial foram reformulados. Uma das mudanças se refere ao banco de horas do funcionário. Então, o que mudou na determinação do horário de seus colaboradores?

A lei 9601, que regulamenta o banco de horas, sofreu importantes alterações que precisam de sua atenção. Mas fique tranquilo! No texto de hoje, vamos te explicar as mudanças e os benefícios de um controle de horário bem feito em sua empresa. É só seguir a leitura!

O que mudou após a reforma?

Antes da reforma, era necessário acordar com o sindicato para estabelecer o banco de horas. Entretanto, agora o controle passa a ser uma política da empresa. Neste caso, ocorre um acordo individual entre empregado e empregador.

Horas Extras

Além dessa medida, outro ponto reformulado foi a questão de hora extra. Anteriormente, as horas extras trabalhadas eram obrigatoriamente compensadas em até um ano. Agora, você pode estabelecer um prazos de seis, cinco, quatro, três, dois e até um mês. A decisão é exclusivamente da empresa.

Jornada de trabalho

Após as mudanças em 2017, foram adicionadas ao tempo limite da jornada de trabalho duas horas. Ou seja, pessoas que trabalhavam até 8 horas, podem fazer no máximo 10 horas diárias. O mesmo vale para quem trabalha 6 horas, podendo fazer 8 horas diárias. Quem trabalha 10 horas, pode trabalhar até 12 horas consequentemente.

Por que você deve adotar um banco de horas?

Menos burocracia, mais controle

Não é mais necessário um acordo entre o sindicato e as empresas para que a empresa adote o banco de horas. Ele é implementado mediante o acordo individual entre empresa e empregado. Assim, o controle de processos se torna muito mais prático e exato. O banco de horas é uma valiosa ferramenta para consultar informações importantes e regulamentar a jornada do funcionário.

Garantia

A maioria dos processos judiciais que são tratados pela Justiça do Trabalho são referentes à questões de hora extra. Logo, registrar todo o horário de trabalho dos seus funcionários é uma medida tanto de segurança, quanto de prevenção e monitoramento.

Transparência

Registrar o horário de trabalho dos seus funcionários é uma forma de manter o controle sobre o banco de horas de seus empregados.

Você pode fazer o registro de ponto a partir de folhas assinadas, que são preenchidas pelo próprio funcionário, ou mesmo com um registro de ponto digital. Escolha a melhor opção para sua empresa para ter uma gestão de pessoas transparente!

Quer saber mais sobre Gestão de RH? Leia o nosso artigo sobre vale transporte e veja que o papel do RH vai muito além de determinar o benefício para os funcionários da empresa. Confira!

Escrito por

Mastermaq Software

A Mastermaq mantém, há 27 anos, uma história ao lado dos contadores e empresas, com o propósito de transformar a contabilidade em fator de sucesso para o empreendedor brasileiro. Especialistas em soluções para gestão e operação de organizações, com forte aderência às legislações: contábil, fiscal, trabalhista e tributária, a empresa atende todo o território nacional.

Confira nossos outros posts