05 passos fundamentais para uma auditoria tributária eficiente

Conheça a solução da Mastermaq para uma gestão tributária completa

26 de fevereiro de 2020

Que tal melhorar os serviços entregues para o seu cliente e ainda aumentar o seu faturamento? Essa realidade parece distante? Pois saiba que ela está bem próxima de você. Já pensou em oferecer um serviço de auditoria tributária?

Você deve estar pensando que esse é um processo difícil e que o seu escritório não tem tempo para se dedicar a esse serviço. Mas calma, hoje vamos te mostrar que você pode prestar esse serviço de maneira simples e com as informações que você já possui.

No artigo de hoje vamos te mostrar os cinco principais passos para se fazer uma auditoria tributária completa e ainda te indicar uma solução para otimizar esses processos.

O que é a auditoria tributária

A autoria tributária é o processo de revisão e análise dos processos de obrigações primárias (pagamento de tributos devidos), quanto as secundárias (entrega de declarações e demonstrativos ao Fisco).

Para realizar este serviço, o auditor precisa conhecer a legislação brasileira e práticas de apuração de impostos, principalmente nas seguintes áreas:

  • sistemas de tributação (Lucro Real, Presumido e Simples Nacional);
  • tributos sobre operações de vendas (PIS, COFINS, ICMS, IPI e ISS);
  • contribuições previdenciárias;
  • retenções na fonte e
  • obrigações tributárias acessórias.

Portanto, se você pretender realizar este serviço para o seu cliente é fundamental se atualizar sobre estes assuntos. Após ler bastante sobre estes temas, é preciso seguir alguns passos básicos e é sobre isso que vamos falar agora. Vamos nessa?

05 passos para uma auditoria tributária completa

Pode parecer complexo, porém, ao entender o negócio do seu cliente e conhecer a legislação, os processos ficam mais simples. Veja abaixo quais são os passos fundamentais.

1. Conheça a atividade do seu cliente e entenda o regime tributário

A primeira medida que você precisa tomar é estudar e entender o negócio do seu cliente e como a carga tributária impacta a sua atividade.

Aliado a isso, é preciso verificar qual o regime tributário adotado pela empresa do seu cliente. Isso porque, existem alguns testes que podem ser feitos e alguns são exclusivos de determinados regimes.

É possível também sugerir a troca de regime e, com isso, melhorar a gestão tributária do negócio. 

2. Entenda quais são as bases de cálculo

Verifique a base de cálculos adotada pelo seu cliente no que diz respeito a tributos federais, estaduais e municipais. A empresa separa as receitas tributáveis das não tributáveis? Faça um mapeamento da memória de cálculo, ela será importante para a sugestão ou recomendação de ajustes. 

Se o seu cliente pertence ao Lucro Real ele precisa, por exemplo, classificar corretamente os custos e as despesas. Sendo assim é necessário verificar também as adições e exclusões dos cálculos de IRPJ e CSLL. 

3. Verifique as obrigações acessórias

Após a apuração correta dos tributos, o seu processo de auditoria tributária precisa verificar a entrega das obrigações acessórias. Elas são a comprovação de que tudo foi recolhido e pago de forma correta e dentro das datas especificadas.

Para garantir as entregas, nós preparamos um calendário com todas as obrigações que precisam ser entregues. Preencha o formulário abaixo e tenha acesso ao nosso material.

4. Confira a contabilização e o pagamento de tributos

Esse é talvez o passo mais fácil de todo o processo de auditoria. Isso porque, como o seu escritório já faz toda a contabilidade do cliente, é só fazer a conferência para garantir que não existe nenhum dado desconexo.

Para tanto, contar com uma solução contábil que facilite esse processo é fundamental. Mas calma que ainda neste artigo vamos falar mais sobre isso.

5. Emita o relatório de ajustes e de recomendações

Após todas estas verificações e análises é a hora de sugerir ajustes e recomendações. Os ajustes são aquelas informações que precisam ser alteradas para garantir o compliance tributário e evitar problemas com a receita.

Já as recomendações são pontos que podem ser melhorados ou feitos de forma diferente. Um exemplo disso é a mudança de regime tributário ou algumas táticas que podem fazer com o que seu cliente pague menos tributos.

Solução completa para a gestão tributária

Agora que você já sabe os 05 principais passos para uma auditoria tributária completa, é a hora de conhecer a solução da Mastermaq que vai agilizar os seus processos contábeis e garantir que as informações estejam todas corretas.

Usar essas ferramentas facilitará o seu processo de auditoria e fará com o que você consiga entregar este serviço para o seu cliente de forma simples e com pouco tempo de trabalho. 

A solução tributária da Mastermaq se divide em três módulos. Quer saber mais sobre eles? É só seguir a leitura. 

NGFiscal

O NGFiscal está em total conformidade com as legislações brasileiras nos âmbitos federais, estaduais e municipais. Por isso, pode ser utilizado sem riscos por escritórios de todo o território nacional!

Este módulo conta com uma metodologia avançada de inserção de dados, pensando na produtividade e na velocidade que o departamento fiscal precisa apresentar.

Com o NGFiscal você tem um mapa de produtividade para o controle o controle dos lançamentos importados ou digitados. A solução permite a importação de DANFE, XML, SPED, DACTE, CT-E e NFS-e.

NGTributos

Aliado ao módulo Fiscal, a solução conta com o NGTributos. Com ele, é possível fazer o controle de todo o processo de apuração tributária e a geração de guias com o NGFiscal. 

Com essa ferramenta, os dados inseridos são transformados em relatórios e demonstrativos ricos em detalhes. Para além da apuração tributária, o NGTributos pode te ajudar com análises comparativas sobre a saúde tributária de cada empresa ao longo dos anos. É um módulo obrigatório para uma gestão tributária eficiente!

Auditor Premium

Após fazer a apuração de impostos no NGTributos, os lançamentos e a geração do arquivo SPED no NGFiscal, é hora de auditar as informações para garantir que tudo está em conformidade. 

Nossa ferramenta Auditor Premium permite a correção inteligente do SPED, sem a necessidade de edições manuais e otimizando o tempo da sua equipe. Além disso, é possível parametrizar correções automáticas de erros encontrados nas notas. Esse processo é possível a partir das informações apresentadas nos registros de detalhamento.

Ao final do processo ainda é possível saber o valor estimado das possíveis autuações fiscais, isso tudo baseado na legislação atual.

Como você viu, o processo é bastante simples e você consegue fazer com as informações que você possui do negócio do seu cliente. Espero que tenha gostado das nossas dicas sobre como fazer uma auditoria tributária.

Utilizar a solução da Mastermaq vai otimizar e simplificar esse processo dentro do seu escritório. Ela faz parte da Plataforma NG, o sistema mais completo para o seu escritório de contabilidade. Para saber mais, acesse a página da plataforma e deixe o seu contato que entraremos em contato com você!

Escrito por

João Vitor Fernandes - Analista de Conteúdo

João Vitor é jornalista, pós-graduado em Marketing para Mídias Sociais e Especialista em Produção de Conteúdo com certificações em Inbound Marketing e Blogues Corporativos. Atua como Analista de Conteúdo na Mastermaq.

Confira nossos outros posts