Ameaça Virtual: Saiba quais são os tipos que podem afetar sua empresa

Atualmente, é muito comum ouvir falar de empresas que sofreram ataques virtuais. Segundo a Fortinet, uma empresa estadunidense especializada em produtos e serviços de cibersegurança, entre outubro de 2015 e fevereiro de 2016 ocorreram mais de 32 milhões de ataques em redes corporativas.

São vários os tipos de ameaças virtuais que as empresas podem sofrer sem nem perceber, e elas podem ser internas e externas. Por isso é importante que você saiba quais são os tipos e o que fazer para evitá-las.

Continue a leitura deste artigo que vamos te ajudar nessa tarefa!

Tipos de ameaças virtuais:

Listamos 6 tipos de ameaças virtuais que são muito comuns e, por isso, é fundamental que você conheça. Vamos a elas!

Vírus

O vírus é um tipo de ameaça virtual que, provavelmente, é a mais conhecida pelas pessoas. Eles são pequenos códigos de programação maliciosos que se juntam com arquivos ou programas e, quando são abertos, se espalham. Ou seja, os vírus fazem cópias de si mesmo e infectam todo o computador.

O vírus pode apagar dados dos seus dispositivo, captar informações e interferir no funcionamento da máquina.

Worms

Os worms são um tipo de ameaça virtual bem parecida com os vírus, a diferença é que eles conseguem se propagar sozinhos. Assim, eles não precisam se hospedar em arquivos ou programas e nem executados para criarem cópias de si mesmo.

Por encherem o disco rígido com suas cópias, os worms danificam o desempenho das máquinas e também das redes. Eles enviam cópias de si mesmos de computador para computador. Assim, afetam o dispositivo “original” e o que está recebendo a cópia.

TrojanHorse

O cavalo de tróia é um programa que inicialmente parece inofensivo. Ele entra no computador em forma de jogo, protetor de tela, álbum de foto e etc. Quando um desses arquivos é executado, abre como se fosse uma porta de comunicação do computador da vítima para o computador da pessoa que está tentando obter informações.

Assim, o hacker consegue extrair dados relevantes sem ser percebido. Diferente dos vírus e worms, ele não faz cópias de si mesmo por toda a máquina e não infecta outros arquivos.

Keylogger

Uma ameaça virtual preocupante é o keylogger. Ele é um tipo de malware (código malicioso) que consegue capturar teclas digitadas no computador da vítima. Assim, é possível capturar textos de emails, dados de preenchimento de documentos, senhas, números de cartões de créditos e muitas outras informações.

Ransomware

O ransomware é um tipo de malware que afetou várias empresas nos últimos meses. Ele “sequestra” dados importantes dos computadores, através da codificação de arquivos, e pede dinheiro para a vítima conseguir resgatá-los. Mas, geralmente o hacker solicita o valor em bitcoin, uma moeda virtual que já chegou a ultrapassar 12 mil dólares

Como se prevenir

Bom, agora que você já sabe melhor sobre alguns tipos de ameaças virtuais que podem prejudicar a sua empresa, vamos te explicar o que fazer para evitar que elas afetem o seu negócio.

Antivírus

Para começar, é importante que você tenha um bom antivírus instalado nas suas máquinas. Ele consegue detectar alguns perigos que tentem ameaçar o bom funcionamento do seu computador e dos seus arquivos. Mas lembre-se de manter ele sempre atualizado!

Firewall

O firewall trabalha em conjunto com o antivírus. Ele expulsa qualquer ameaça antes mesmo dela entrar no dispositivo. Quando ele falha, ou seja, quando o malware consegue acessar o computador, o antivírus que vai ter o trabalho de combater a ameaça

Atualizações

Manter o seu sistema operacional e seus softwares desatualizados facilita o acesso de hackers ao computador. Por isso, mantenha as atualizações em dia! Você pode até programar para que ela seja feita automaticamente, assim não corre o risco de esquecer.

Downloads

Cuidado com os downloads que você faz na sua máquina! Só baixe arquivos e ferramentas que você tem plena confiança e certeza da origem. Caso contrário, evite!

Emails

Emails são grandes “portas” para a entrada de ameaças no seu computador, tenha cuidado! Só abra quando o nome do remetente for conhecido. Emails de bancos e lojas, por exemplo, podem ser perigosos.

Dispositivos USB

Fique atento com os dispositivos que você conecta no seu computador, como pen drive, hd externo, cartão de memória e outros. Eles podem estar infectados e passar a ameaça para o seu computador. Por isso, é importante fazer uma varredura do antivírus no dispositivo antes de executá-lo e de abrir os documentos contidos nele.

Serviços especializados

Contar com a ajuda de um serviço especializado pode te ajudar a manter os seus computadores longe das ameaças virtuais. Existem serviços de TI que monitoram o tempo todo as máquinas da empresa, conseguindo proteger os computadores de uma forma melhor. Esse tipo de serviço é bom para que você fique mais despreocupado e consiga focar no seu negócio deixando o problema nas mãos de especialistas.

Está mais seguro agora que você já sabe sobre os principais tipos de ameaças virtuais? Espero que sim! Assine nossa newsletter e curta nossa página no Facebook, lá você encontra mais conteúdos relevantes para a sua empresa!

Mastermaq

Com mais de 25 anos de experiência, a Mastermaq oferta produtos e serviços baseados em softwares para todo o território nacional. Contamos com uma rede especializada que atende em todas as regiões do país, envolvida no acompanhamento de milhares de contratos ativos.

LEIA TAMBÉM